MTJA – Notícias de Rondonópolis e

10 milhões de pessoas tem PIS/PASEP liberado

10 milhões de pessoas tem PIS/PASEP liberado

O dinheiro precisa ser sacado o quanto antes, mas o trabalhador ou herdeiros podem não saber dos valores

A Caixa Econômica Federal tem cerca de 23 bilhões de reais disponíveis para saque do fundo PIS / Pasep. Este valor é para cerca de 10 milhões de pessoas trabalhando com contrato oficial até 1988.

Este valor está disponível para saque desde 2019 e um dos motivos pelos quais esse valor não está sendo reembolsado são muitas ações. Dong morreu antes do reembolso. os herdeiros podem sacar dinheiro, mas não sabem se têm dinheiro para sacar ou não.

Além disso, como grande parte dos trabalhadores titulares já estão mais velhos, eles acabam não prestando atenção ao valor que pode ser sacado e, com isso, perdem os direitos que criaram.

Quem tem direito ao Fundo do PIS/Pasep?
Em primeiro lugar, é importante não confundir o abono salarial PIS / Pasep com o fundo PIS / Pasep. Com efeito, os salários são pagos aos trabalhadores anualmente, enquanto o fundo ou cota do PIS / Pasep é pago apenas uma vez na vida para quem trabalha entre R $ 1971 e 1988.
Além disso, a cota do PIS disponível para trabalhadores com carteira assinada em empresas privadas de 1971 a 1988. Já a cota do Pasep era para funcionários públicos ou militares do mesmo período.
Aviso! Caso o trabalhador ou seus herdeiros não retirem esse valor até 1º de junho de 2025, os recursos serão transferidos para os cofres da União, onde quem não o fizer perderá seus direitos.

Como realizar o saque
Os funcionários com cartão de cidadão e senha podem sacar dinheiro diretamente nos caixas eletrônicos, loterias e agentes Caixa Aqui, desde que o valor não ultrapasse R $ 3.000.
O Crédito da Cota do PIS pode ter sido efetuado de forma automática, caso possua conta corrente ou poupança e saldo na Caixa. Portanto, basta transferi-lo para a respectiva conta.
Para os colaboradores que não possuam conta Caixa ou cartão de cidadania e senha, o levantamento deverá ser feito na Agência Caixa mediante apresentação de documento de identidade oficial com foto.
Em caso de falecimento do trabalhador, os herdeiros e beneficiários podem retirar a cota apresentando os seguintes documentos:
• Certidão de óbito e certidão ou declaração de dependentes habilitados a pensão por morte do INSS;
• Certidão de óbito e certidão ou declaração de dependentes habilitados a pensão por morte emitida pela entidade empregadora;
• Alvará judicial designando os benefícios do saque

Como consultar o saldo
Em junho do ano passado, as cotas do Fundo PIS/Pasep foram vinculadas ao Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Assim, a consulta do saldo pode ser feita pelos sistemas da Caixa Econômica Federal.
Assim, os cotistas podem realizar a consulta pelo:
• aplicativo do FGTS disponível para celulares Android e iOS
• pelo site do FGTS fgts.gov.br
• no caso dos correntistas da Caixa é possível acessar pelo internet banking Caixa

Para realizar a consulta do saldo de cotas, se faz necessário ou o número do CPF (ou antigo CIC) ou o número do NIS do cotista.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.