MTJA – Notícias de Rondonópolis e

PC cumpre mandados de prisão contra quadrilha que furtou 490 toneladas de fertilizantes, em Rondonópolis

PC cumpre mandados de prisão contra quadrilha que furtou 490 toneladas de fertilizantes, em Rondonópolis

A Polícia Estadual de Mato Grosso lançou nesta quinta-feira (24) a Operação Piratas do Agro, e a Administração de Combate ao Crime Organizado (GCCO) está investigando seus alvos, pois o grupo montou um grupo focado na retirada de imóveis rurais do Estado. organização para furto de fertilizantes… Em Rondonópolis (MT), a PC cumpriu 4 mandados de prisão, 5 mandados de busca e apreensão e 6 mandados de busca e apreensão de veículos.

A investigação lançada pelo GCCO apura pelo menos cinco ocorrências de furtos de fertilizantes em fazendas nos municípios de Sorriso, Brasnorte, Santa Rita do Trivelato e São José do Rio Claro, das quais 490 toneladas do produto foram retiradas e a perda estimada foi de cerca de 1,2 milhões de reais às vítimas.

Com base nos materiais coletados e nas informações coletadas durante a investigação, os representantes do GCCO fizeram prisões provisórias de quatro membros de gangues, cinco buscas e apreensões domiciliares e seis apreensões de veículos, incluindo caminhões usados ​​para crimes e veículos de propriedade dos investigados.

O objetivo da polícia civil é entregar o veículo ao judiciário para que os bens e o valor arrecadados possam ser leiloados e devolvidos à vítima para ressarcir os danos sofridos. O mandado de busca foi deferido pela Vara Criminal de Soliso II.

A investigação do GCCO contou com o apoio da Delegacia de Sorriso e Delegacia de Roubos e Furtos de Nova Mutum.

A operação contou com o apoio da Polícia Regional de Rondonópolis, e todas as pessoas da comuna foram investigadas na quadrilha
A investigação apurou que a quadrilha iniciou o crime após adquirir um caminhão tipo “munck”, equipamento necessário para o crime. Integrantes da banda viajam para o interior para armazenar adubo em sacos (grandes sacos plásticos) no meio dos campos. Eles carregaram o saco no reboque de dois outros caminhões, cortaram o fundo do saco e despejaram o fertilizante a granel no reboque para transporte.
Durante a investigação, a polícia também identificou o veículo utilizado pela quadrilha criminosa para transportar adubo, bem como um Volkswagen Polo branco utilizado pela quadrilha para investigar e identificar a fazenda alvo da atividade criminosa.

Veja Também

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *